fbpx
meditação das 4 direções sagradas do xamanismo

A cultura Xamânica é extremamente poderosa e está intimamente ligada com a natureza, bem como  com as As As Quatro Direções sagradas do Xamanismo. Nas tradições do Xamanismo, todavia, tudo é visto com a ideia de unidade, a criação como um só organismo e como fazemos parte de um todo, nós e o universo. Neste cenário, a meditação das quatro direções no xamanismo é importantíssima!

Antes de tudo e baseado nisso, podemos entender como tudo é um organismo vivo: os reinos animal, vegetal e mineral, tudo compondo a harmonia do universo, expressando a mesma Consciência Eterna. As Quatro Direções Sagradas fazem parte desse grande Universo e podem ser de grande ajuda para quem busca respostas e soluções para os seus problemas. Isso pode ser feito por meio da meditação para as Quatro Direções .

 

Leia também: Melhorando suas relações através da Constelação Xamânica

 

Muitas vezes precisamos de um direcionamento específico, despertar dentro de nós alguma qualidade, talento ou virtude que pode nos ajudar a enfrentar uma situação. No caso das Quatro Direções Sagradas, você pode realizar uma meditação de frente para a Direção que pode te ajudar, de acordo com a ajuda que você está buscando. Se você não conseguir determinar a direção precisamente, você pode mentalizar e emanar intenções para essa direção, imaginando que está na posição correta.

 

Leia também: Crises de pânico, como a reconexão natural sistêmica te ajudará

 

Quando você pede para uma das Direções Sagradas , você está pedindo pela sabedoria e a virtude que ela pode trazer pra você, mas não é um processo externo. Por meio dela, você está buscando dentro de si por essa qualidade que tanto precisa. Isso porque, como dissemos anteriormente, o Universo é um só, nós somos o todo e o todo está dentro de nós. Mas como saber para qual Direção Sagrada meditar?

As virtudes da Meditação das quatro Direções no Xamanismo

 

Leste

Representando o arquétipo do Visionário, o Leste representa o nascimento, o início de tudo, o lugar onde o Sol nasce e traz a luz. Ele nos ensina a observar sem julgar, a entender os movimentos dos acontecimentos de maneira sensata e usando a razão. Assim como a águia estuda o seu mergulho, o Leste nos ajuda a vislumbrar a nossa vida como se vista de cima e mergulhar nas nossas decisões de maneira centrada. O Leste é a primavera.

Sul

essa direção representa o arquétipo do guerreiro e traz consigo tudo que é jovial, alegre e ágil. O Sul é a água que corre, é o verão, a nossa criança interior, nossos sentimentos e emoções. Como seus animais: o lobo, o coiote e o golfinho, essa direção nos ensina a lidar com a fluidez das emoções e com a impermanência das coisas em nossas vidas.

Oeste

ele traz o arquétipo do curador. Este, se relaciona com o nosso inconsciente e os processos necessários para encontrarmos a nossa cura, sendo a essência da meditação e autoconhecimento. O Oeste é a Lua, a essência feminina do Universo, e representa o nível físico da nossa existência. A ursa negra, seu animal, mostra que a reflexão e o recolhimento podem ser necessários em alguns momentos e nos ensina a lidar com isso.

Norte

É o elemento Terra, a estrutura e a sabedoria. O Norte se relaciona com o nosso mental e com a nossa ancestralidade, trazendo o conhecimento dos anciãos para a nossa vida. Ele se relaciona com o Inverno e com o elemento ar, sendo representado pelo búfalo e sua estabilidade. O Norte representa o arquétipo do Mestre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.